11 de novembro de 2016

Ambulância e viaturas podem ficar sem combustível no Rio de Janeiro

De acordo com ofício da BR Distribuidora encaminhado ao governo do Rio e publicado no Jornal Extra, a partir do dia 16, próxima quarta-feira, o Estado pode ficar sem gasolina para abastecer a frota e isso inclui as viaturas das polícias Civil e Militar, além das ambulâncias das unidades de Saúde. A decisão da empresa foi tomada após quebra de acordo firmado no dia 15 de julho. À época, a administração estadual se comprometeu a quitar uma dívida no valor de R$ 72 milhões até aquela data. Mas, em outubro deste ano, a BR Distribuidora notificou o estado de que ainda havia R$ 22 milhões a serem pagos. Como o governo não se manifestou, a empresa, resolveu suspender o fornecimento a partir da próxima quarta-feira (16 ). A dívida total do governo com a BR, vinculada a Petrobras, é de mais de R$ 31 milhões. No ofício, a companhia afirma que, em virtude da importância do abastecimento para o funcionamento de setores essenciais do governo, caso a dívida seja quitada, a distribuição do combustível será mantida. Foto: Ilustrativa. Fonte: Agência Brasil